sábado, 4 de julho de 2015

A Esquerda!

Penso que os verdadeiros homens e mulheres de esquerda, no século XXI, devem ter como causa primordial, a luta contra o machismo, o racismo, a homofobia e a desigualdade social.

Acredito que dentre todos esses problemas, a desigualdade social talvez seja a mais importante a ser combatida, pois com a sua diminuição, penso que resolveremos uma parcela considerável dos problemas relativos à questões de gênero e étnicos/raciais.
Não dá para ser de esquerda sem levantar essas bandeiras!

A Diminuição da Maioridade Penal

Segundo os dados governamentais e de instituições não governamentais, os crimes praticados por menores no Brasil, correspondem a 1%. Segundo essas instituições, as casas de menor ressocializa 75% dos jovens, contra 25% dos presídios. Colocar os jovens nos presídios não estará trazendo um problema maior para a nossa sociedade? 

Devemos nos lembrar que o crime organizado surgiu a partir do momento em que os presos políticos foram colocados nas mesmas prisões dos presos comuns. Os presos comuns aprenderam toda a logística organizacional e intelectual dos presos políticos, criando assim, o crime organizado.

É evidente que os jovens que cometem crimes graves devem ter suas penas aumentadas, no entanto, acredito que não colocando em presídios que iremos resolver o problema, mas iremos trazer outros problemas.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, fez uma proposta muito boa, mas as mentes atrofiadas da Câmara Federal não analisou. A proposta dele aumentava a punição para crimes graves, de 3 para 10 anos. Diferentemente de hoje, quando o jovem fizesse 18 anos ele contiuaria apreendido, cumprindo sua pena e os adultos que participassem de crimes com menores, teriam suas penas drasticamente aumentadas.Porém, para os retardados da Câmara Federal, foi mais fácil dar uma canetada, diminuindo a maioridade!

Atualmente, as famílias estão desestruturadas, diferentemente do passado. Por isso, o Estado precisa criar estruturas que não permita que jovens e adolescente entrem no mundo da criminalidade. Jogar adolescentes em presídios irá trazer problema semelhante ao que aconteceu no passado, a partir do momento em que criminalizaram as drogas e prenderam políticos e intelectuais junto com criminosos comuns. Criamos o crime organizado e o tráfico de drogas.

Ninguém está defendendo o jovem infrator - mesmo acreditando que existe uma estrutura perversa, que lançam esses adolescentes na criminalidade - e sim, dizendo que colocar esses adolescentes em presídios, acarretará em problemas maiores para a nossa sociedade. Precisamos oferecer acolhimento, educação e uma sociedade mais justa, para impedir que jovens se encaminhem no mundo do crime.

 Diante disso, o que queremos criar agora?

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Os Políticos e o Poder Econômico


O que mais temos visto ultimamente nos meios de comunicação, é um ataque sistemático à classe política, e mais especificamente, a uma classe política, de um determinado partido político.

A mídia, impulsionadas por interesses particulares, orquestra terríveis ataques, apenas, a um dos grupos envolvidos nesse mar de lama que é a política nacional. No entanto, a sociedade tem que entender que os nossos políticos corruptos estão lá a serviço do poder econômico corrupto. O caso da Petrobras deixa isso bem claro. Todas as grandes empreiteiras estão envolvidas nesse processo de corrupção. 

Desde que o Rei de Portugal doou as Capitanias Hereditárias à particulares, que as instituições brasileiras estão a serviço do poder econômico. O político corrupto está a serviço desse poder. 

Deveria ter leis duras, tanto para os políticos, quanto para os empresários e financistas. Mas isso não vai acontecer, porque são eles que detém o controle material, espiritual e ideológico de nossa sociedade.

As coisas só mudariam de fato, a partir de uma Revolução, porém, tenho certeza que ninguém está disposto a isso. Vocês acham que os políticos, de uma hora para outra vão aprovar leis contra eles e seus financiadores de campanha?

Os políticos estão lá para manter o sistema político e judiciário a serviço do poder econômico. É por causa deles que tanto Genuíno, quanto Eike Batista têm regalias jurídicas, politicas e econômicas. Não podemos esquecer que o filho de Eike assassinou um ciclista, e no final, o culpado foi o morto. O sistema está a serviço deles. No entanto, a Globo, por exemplo, precisa apenas acusar os políticos, pois camufla o tamanho da merda!

A Regulamentação da Mídia no Brasil

Ultimamente, a sociedade brasileira têm discutido sobre a proposta que está circulando no Congresso, de regulamentação da Imprensa no Brasil. No entanto, percebo, que boa parte da população tem discutido o assunto sem o menor conhecimento necessário para o assunto. Porém, qual a necessidade da regulamentação?


No Brasil, a informação está na mão de poucos. Durante a Ditadura Militar e depois, quando ACM foi ministro das comunicações, houve um loteamento da comunicação em nosso país. Quem ganhou os direitos de televisão? Os aliados políticos e econômicos do grupo que estava no poder no momento. Em cada estado grupos oligárquicos receberam os seus presentes.

Aqui na Bahia, todos sabem que a emissora mais poderosa é da família ACM. Nesse sentido, a regulamentação visa pluralizar a comunicação no país. Isso já aconteceu na Europa. Tem a intenção de evitar o que acontece aqui. Um pequeno grupo controla a comunicação, e esse pequeno grupo, a partir disso, detém o poder ideológico.

O povo não tem espaço na mídia. O povo só aparece em Bocão, como bandido. A regulamentação visa democratizar a informação no Brasil. E isso não partiu dos políticos, partiu de movimentos sociais que discutem há muito tempo o assunto, a partir de pressupostos científicos.

O problema é que, o Grupo Rede Globo e Abril, que controlam a maior parte da informação no Brasil, não aceitam correr o risco de perder esse monopólio da informação. Por isso, estão fazendo lobby na impressa contra a regulamentação.
"As ideias dominantes de uma época, são as ideias da classe dominante". Essa frase de Marx, diz tudo quando se trata da mídia no Brasil.







A Imprensa e a Crise no Brasil

A mídia está tocando o terror dizendo que o país está quebrado e falido por culpa da corrupção do PT. Vamos lá... FHC deixou o país praticamente, sem reservas cambiais. Hoje, tem mais de 300 bilhões em reservas. FHC entregou o país com dólar a R$4,12. Hoje é R$2,56. FHC deixou o país numa inflação de 12% ao ano. Hoje estamos chegando a 7%. FHC deixou o país com taxa de desemprego de 10%. Hoje é 4,7. Recorde histórico! 

Se a gente está no fundo do poço como a Globo fala, FHC deixou a gente "fodido". Se estão querendo Impedir o mandato de Dilma, por conta do seu desempenho, o que deveria ter acontecido com FHC, então? Pegar prisão perpétua, por causa do esquema de corrupção das privatizações? Que vale ressaltar, que foi uma das maiores de todos os tempos. 

Falam que que o sistema elétrico está destruído por causa do PT. Precisamos lembrar que FHC deixou o pais com apagão e racionamento de energia. A pergunta que não quer calar! Por que estão fazendo essa tempestade hoje, sendo que lá atrás, foi muito pior, e ninguém fez a metade do escândalo? Eu quero atenção e cadeia para todos, não apenas para alguns!

O Facebook e o PT

O Facebook esses dias está uma nojeira! Tudo é culpa do PT! "Olha aí vc que votou no PT". "Quem votou no PT é burro". "Todos vão pagar pela burrice de muitos"! Isso está ficando chato, e se deve a uma limitação na análise da política brasileira. Os que reclamam são os eleitores de Aécio. Dilma nada mais está fazendo do que pôr em prática a reforma econômica prometida por Aécio!

O problema não é o PT. O problema é o nosso sistema político, e a mentalidade de todos que só pensam em tirar vantagem de tudo, até na política. As pessoas não percebem que PT, PSDB, DEM, PMDB, PV, e etc, são todos farinha do mesmo saco. Se eles realmente fossem contra às medidas de Dilma, parariam o Congresso e chantageariam o Executivo, do jeito que eles sabem muito bem fazer. No entanto, como todos "mamam" na mesma "têta", é o povo que paga a conta. Vamos ter um visão política mais ampliada, meu povo! Essa limitação de análise empobrece muito o debate político